5 de abril de 2018

UTTU Crônicas #3 | Esta é uma carta de Adeus, por Matheus H. S. Govea

Fala galera! Mais um texto para série UTTU Crônicas escrito por mim, Matheus! Espero que gostem!

"Dizem que certas pessoas aparecem em nossa vida para nos dar ensinamentos e nos fazer crescer. No início você vai achar tudo as mil maravilhas, mas depois, quando tudo vira de cabeça para baixo, você chora, sente toda a dor no coração e acha que não vai conseguir seguir em frente, mesmo que essa seja a única opção. Minha amiga me disse que alguns males vem para que possam vir coisas melhores depois. Mas ninguém diz o quanto é difícil suportar esses momentos de agonia e dor que a vida te proporciona. Hoje eu olho para trás e percebo que cresci depois do que passei. Mas naquele tempo, eu não percebi.

Estou deitado em minha cama, olhando pela janela do meu quarto. A noite escura e fria, me faz lembrar de alguns momentos que eu vivi. Abro meu Spotify e coloco uma música específica para tocar.

"Essa era a nossa música." digo para mim mesmo, com um sorriso no rosto.

24 de fevereiro de 2018

UTTU Crônicas #2 | A Eterna Celia, por Matheus H. S. Govea

Fala galera!! Mais um texto escrito por mim! Espero que gostem!


Arquivo Pessoal da família de Celia





















Eu estou pensando em várias maneiras de como começar contando essa história da qual eu presenciei até certo ponto dela. Talvez eu não consiga expressar tão profundamente os fatos que se sucederam nesse triste mas tão comovente relato. Minhas memórias estão começando a vacilar e pouco a pouco eu vou esquecendo de alguns detalhes da minha vida e de outras coisas que eu vivi. Então, me desculpem caso eu não consiga detalhar fielmente a história que estou prestes a lhes contar.

Bom, creio que por mais óbvio que isso possa ser, devo começar pelo o início de tudo, para que vocês possam entender perfeitamente (ou não) os fatos que serão apresentados. (Realmente espero não omitir nada, mas se eu o fizer, peço perdão.)

Me chamo Matheus, nasci em janeiro de 1985 no Rio de Janeiro em uma adorável família. Infelizmente, eu já não me lembro dos rostos ou das características de todos. Eu vivi e cresci em um bairro chamado Ilha do Governador, no município do Rio. Não pretendo me prolongar por demais contando a minha história, visto que este não é meu propósito. Mas de uma coisa não posso esquecer de lhes contar. Foi no ano novo de 2002 para 2003, com apenas 17 anos, que eu encontrei o meu triste fim. Um terrível acidente de carro envolvendo eu e mais três amigos, me levou a óbito quase que na mesma hora. Um destes amigos encontrava-se um pouco alterado por causa da bebida alcoólica que havia ingerido horas antes da virada e ele estava conduzindo o carro. Péssima ideia que acabou me custando minha vida e o direito de andar de um dos meus amigos. Apenas me lembro do carro capotando e um poste vindo em nossa direção. Então... escuridão.

3 de janeiro de 2018

UTTU Crônicas #1 | Um Presente dos Mares, por Matheus H. S. Govea

FELIZ 2018!!! Nada como começar o ano com uma nova série de posts no blog, estreando o novo redator do blog Matheus H. S. Govea!














O UTTU Crônicas é a nova série de posts do blog, em que vamos postar histórias de vários gêneros, podendo ser cotidiano, ficção-cientifica, aventura, fantasia, suspense etc. Dessa vez vamos de cotidiano com o texto Um Presente dos Mares, escrito por Matheus H. S. Govea o jovem renomado escritor e o mais novo redator do blog. Seja bem vindo ao UTTU Matheus!!! (Nota do Editor: Vinícius Dias)


As ondas do mar quebram incessantemente a minha frente enquanto eu as encaro com um olhar vago e distante. Ultimamente esse tem sido uma característica forte em mim. Um jovem de apenas vinte e um anos, com um olhar cansado e que sempre parece olhar para algo invisível aos olhos de qualquer um. Já me disseram que eu possuo uma expressão triste, que eu ando sempre com os ombros curvados e que nunca acho que sou capaz de algo. Já me disseram que me importo demais e por isso eu fico magoado tão facilmente. Já me disseram que eu tento aparecer quando digo que estou triste ou insatisfeito com tudo. Já me disseram que sou estranho e esquisito. Já me disseram que sou feio, gordo etc. Já me disseram isso e aquilo. Já me disseram que não era para eu ter agido de uma forma e que sou completamente idiota por ter feito do meu jeito. Já me disseram que eu não sei viver a vida do jeito que é pra ser vivida. Já me disseram que eu deveria entrar logo na faculdade e não perder tempo, pois a vida passa rápido.Já me disseram o que ser e o que não ser, o que seguir e o que não seguir. 



Enfim...

18 de dezembro de 2017

Junte-se ao UTTU!!!

ISSO MESMO LEITOR!!!  ESTAMOS DE VOLTA, APOS UM 2017 SEM QUASE NENHUM POST NO BLOG, DESSA VEZ  QUEREMOS VOLTAR COM A CASA CHEIA!!!

Resultado de imagem para join me and together we can rule the galaxy
Junte-se a mim, e juntos poderemos governar a galáxia.



Estamos procurando por redatores,  para que em 2018 o blog possa sempre ter algum conteúdo. Se você que gosta de escrever sobre cultura pop em geral, seja sobre: