25 de junho de 2016

Review / UTTU Recomenda #2 - Curta | Malária

"Para o resto do mundo morte sempre foi uma palavra bem masculina." Essa semana decidi fazer o primeiro review do blog, não só uma análise mas também uma recomendação!!



Antes de começar o post quero pedir desculpa aos nossos leitores por não ter tido post na semana passada.



Mas chega de firula então, Hey Ho Let's Go!!








Lançado em 2013 "Malaria" é um curta metragem brasileiro escrito e dirigido por Edson Oda com a direção de fotografia de Sergio Prado e Desenhos de João Pinheiro.

Com um roteiro sensacional a historia é ambientada no velho oeste e combina técnicas como origami (arte de dobrar papéis), kirigami (arte de cortar papéis), time-lapse, ilustração em nanquin, historia em quadrinhos com a temática de filmes de faroeste. Essa inovadora mistura visual acaba surpreendendo aos olhos de quem assiste e possui um clima de tenção que vai progredindo durante o curta.





O enredo do curta envolve uma disputa em um Saloon (bar de velho oeste) entre Fabiano, um jovem mercenário que é contratado para matar a Morte (ou melhor dizendo "O" Morte) em pessoa.

11 de junho de 2016

UTTU Recomenda #1 | Quentin Tarantino - Cenas Sangrentas e o Código Tarantino.

Hoje me deu vontade de postar algo sobre o Tarantino. Então, eis que lembrei-me desses dois vídeos com essa temática.



Hoje no blog temos o primeiro post sobre recomendações o UTTU- Recomenda então Hey Ho Let's Go!!

Sabe quando você vê um anime em que o personagem corta o dedo e sai MUITO sangue? Então o sangue dos filmes do Quentin Tarantino é que nem, que igual esses animes.


Tarantino: Blood from Jacob T. Swinney on Vimeo.

4 de junho de 2016

Anime vs Realidade #2 - Elfen Lied

Um mês sem post depois... O blog volta de um pequeno hiato e dessa vez vamos falar mais uma vez de cenários dos animes na vida real, mas também falaremos de arte e até de religião! 



Então temos mais um Anime vs Realidade! Essa serie de posts, que vai passar a ser mensal, para que quem sabe um dia ela possa ser quinzenal (quando eu tiver tempo para postar. Esse post deu um trabalho pra fazer, mas é um dos que eu mais gostei de escrever). 

Dessa vez o anime que vamos comparar é um clássico lançado em 2004. Elfen Lied, é uma adaptação do adaptação do mangá de mesmo nome, criado pelo autor Lynn Okamoto, a serie contem 12 volumes e foi publicada de 2002 até 2005 e publicada pela Panini no Brasil,  ou seja o anime foi lançado antes do mangá terminar, o que levou a animação ter um final diferente da obra original, mas ainda sim um bom final.


Se você não viu Elfen Lied, ou demorou para ver todos os 13 episódios e seu amigo que recomendou, ficou insistindo pra você terminar de ver. Falando "continue a ver fulana, mesmo sendo um anime lento no incio, é muito bom" (sim estou usando o blog para mandar indiretas). Fique calmo, esse post NÃO TEM SPOILER, então você pode ler de boas. Agora, vou te convencer a ver esse anime com a minha super ultra master blaster (só que não)  sinopse.

Atenção!! Esse anime é classificado como impróprio para menores de 18 anos (eu diria 16). esse anime contem; nudez, violência e muito sangue.




Elfen Lied gira em torno das interações, ideias, emoções e discriminações entre humanos e "Dicornius", uma espécie de raça mutante parecida com os humanos na forma, mas distinguíveis por possuírem olhos e cabelos de cor rosada, um pequeno par de chifres e por "vetors", braços invisíveis controlados mentalmente, que têm o poder de manipular e cortar objetos dentro do alcance, eles também conseguem sentir a presença de outros seres de sua espécie. A força de tais estruturas, possuem o poder de reduzir uma cabeça humana a uma bola de tênis e até parar tiros.


Considerados como uma evolução da raça humana, os Dicornius, por causa de suas características especiais, sofrem preconceito; tanto por medo de seus poderes, quanto por interesse da espécie humana. Uma relação de extermínio e uso se estabelece; os humanos desejam exterminar-los, mas antes, aproveitam-se deles para pesquisas, e os diclonius desejam eliminar as pessoas por vingança pelos maus tratos e sofrimentos causados pelos humanos.


A série é focada na jovem Dicornius "Lucy", que foi rejeitada pelos humanos e consequentemente, alimenta uma vingança contra eles. No entanto, uma vez que surge uma oportunidade de escapar, Lucy, traumatizada pelo confinamento e tortura, acaba desencadeando uma serie de assassinatos, com direito a MUITO sangue (nível Tarantino).


Durante sua fuga, ela recebeu um ferimento na cabeça, que a deixou com uma dupla personalidade de alguém com a mentalidade de uma criança inofensiva possuindo capacidade de discurso limitado a poucas palavras, uma delas é "Nyu". Neste estado de instabilidade, ela se depara com dois estudantes universitários, Kouta e sua prima Yuka, que a levam para ser cuidada, sem saber de sua tendência psicopata. Este ato de bondade irá mudar suas vidas, e assim eles se encontram arrastados para um mundo sombrio de sigilo do governo e conspiração.

Nyu!
Ok, feita a sinopse, vamos começar com as comparações (Finalmente!), mas dessa vez as comparações não serão feias apenas com os locais em que se passam as cenas do anime, mas também com a abertura do anime e o enceramento e falaremos das inspirações para fazer a abertura. Ai você que não viu se pergunta "Mas por que a abertura e Enceramento? 

Ambas tem varias influencias artísticas e religiosas, vale comentar que a musica de abertura, Lilium (Lirio) é muito linda, muito mesmo, ela é toda cantada em Latin. A letra e a melodia são de Kayo Konishi e Yukio Kondou, que foram requisitados para criarem a canção como um canto gregoriano, interpretada por Kumiko Noma. 

A música é inspirada em passagens bíblicas e trechos do hino religioso Ave Mundi Spes Maria (Ave Maria, Esperança do Mundo) em latim. A frase "Kyrie Eleison", em grego, "Senhor, tende piedade" aparece na musica, essa frase é usada na liturgia da missa.



As passagens bíblicas:


Salmo 37:30

"A boca do justo fala a sabedoria; a sua língua fala do juízo"

Epístola de Tiago 1:12


"Feliz o homem que suporta a tentação. Porque, depois de sofrer a provação, receberá a coroa da vida que Deus prometeu aos que o amam"

As imagens da abertura e do encerramento fazem referencias (que eu só fui pegar depois de uma aula de arte, sobre simbolismo. Aliás, foi essa aula que me fez querer fazer esse post) a obras famosas do pintor simbolista austríaco Gustav Klimt (1862 - 1918).


As pinturas:


O Beijo (1908)